Skip to Content

Instrukcja korzystania z Biblioteki

Serwisy:

Ukryty Internet | Wyszukiwarki specjalistyczne tekstów i źródeł naukowych | Translatory online | Encyklopedie i słowniki online

Translator:

Kosmos
Astronomia Astrofizyka
Inne

Kultura
Sztuka dawna i współczesna, muzea i kolekcje

Metoda
Metodologia nauk, Matematyka, Filozofia, Miary i wagi, Pomiary

Materia
Substancje, reakcje, energia
Fizyka, chemia i inżynieria materiałowa

Człowiek
Antropologia kulturowa Socjologia Psychologia Zdrowie i medycyna

Wizje
Przewidywania Kosmologia Religie Ideologia Polityka

Ziemia
Geologia, geofizyka, geochemia, środowisko przyrodnicze

Życie
Biologia, biologia molekularna i genetyka

Cyberprzestrzeń
Technologia cyberprzestrzeni, cyberkultura, media i komunikacja

Działalność
Wiadomości | Gospodarka, biznes, zarządzanie, ekonomia

Technologie
Budownictwo, energetyka, transport, wytwarzanie, technologie informacyjne

Liinc em Revista

RESUMO Este artigo se propõe a analisar os movimentos sociais contemporâneos a partir de manifestações recentes em diferentes países como Egito, Tunísia, Espanha, Estados Unidos, México, Turquia e Brasil. Tendo como ponto de partida as questões em disputa em torno dos movimentos sociais brasileiros na relação de contrastes e semelhanças com outros países citados, busca compreender e oferecer pistas para sua configuração e identidade, para a plataforma de atuação e demandas que empreendem e para as interações e vinculações desses movimentos com movimentos sociais tradicionais, partidos e o posicionamento em relação à democracia representativa. Trata-se de uma abordagem teórica dos conceitos envolvidos, em torno do tema e do enfoque proposto, mas também descritiva e analítica, em torno das questões que estes movimentos sociais contemporâneos inserem no debate, como o diálogo entre demandas econômicas, políticas e socioculturais; a relação com o Estado e organizações tradicionais da sociedade, como partidos e sindicatos, e a relação com as mídias tradicionais e contemporâneas.Palavras-chave: Comunicação; Economia política; Movimentos sociais; Megaeventos esportivos.ABSTRACT This article aims to analyze contemporary social movements from recent demonstrations in different countries like Egypt, Tunisia, Spain, United States, Mexico, Turkey and Brazil. Taking as its starting point the issues in dispute over Brazilian social movements in relation of contrasts and similarities with other countries mentioned, it seeks to understand and provide clues to its configuration and identity, to the platform of action and demands that they undertake and the interactions and linkages of these movements with traditional social movements, parties and positioning in relation to representative democracy. This is a theoretical approach based on the concepts involved in the theme and the proposed approach, but also descriptive and analytical around the issues that these contemporary social movements bring to the debate, as the dialogue between economic, political and socio-cultural demands; the relationship with the state and traditional society organizations such as political parties and trade unions, and the relationship with both traditional and contemporary media.Keywords: Communication; Political economy; Social movements; Sport mega events.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/667 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Este artigo contém elementos ainda exploratórios de pesquisas que vêm sendo desenvolvidas pelos seus autores. São descritas algumas práticas colaborativas em redes ativistas, a exemplo do "Rio na Rua" e da "Avaaz", visando, sobretudo, exibir o estágio metodológico em que se encontra a pesquisa, para sustentar sua hipótese central: as redes colaborativas, politizadas ou não, mobilizam trabalho gratuito de bilhões de pessoas que servem, como qualquer trabalho não pago, para a acumulação de capital. Utilizamos o campo da Economia Política da Informação, Comunicação e Cultura (EPICC) como base teórica da análise e expomos resultados preliminares de pesquisas empíricas em andamento.Palavras-chave: Mais-valia 2.0; Trabalho Gratuito; Redes de Mobilização; Facebook; Avaaz.ABSTRACT This article brings a preliminary study that has been carried on by its authors in the last months. We describe collaborative practices in activist networks, such as Rio na Rua's Facebook page and "Avaaz". The main focus here is to present the methodological phase of the research to support our thesis: collaborative networks, whether political or not, mobilize non-paid work of billions of people who contribute to capital accumulation. The Political Economy of Information, Communication and Culture is the theoretical basis of the analisys and we publish here some preliminary results of ongoing empirical research.Keywords: Surplus value 2.0; Non-paid work; Mobilization Networks; Facebook; Avaaz.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/696 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Neste artigo argumentamos que os protestos de junho de 2013 no Brasil, que alguns apelidaram de "V-de-Vinagre", constituem um caso extremamente produtivo para explorar as atuais relações complexas e altamente dinâmicas entre mídia, comunicação e protesto.  Embora a representação dos fatos feita pela grande imprensa continue sendo importante, o conceito de mediação atravessa a fronteira entre produção e recepção e traz à tona as práticas de automediação. Consideramos que a estrutura de oportunidade de mediação é uma ferramenta conceitual útil para entender e analisar o papel da mídia e da comunicação em relação ao protesto. A análise demonstra que a estrutura de oportunidade de mediação é dinâmica e semi-independente da estrutura de oportunidade política. Consideramos também que ela tem uma dimensão contextual espacial, com atenção a questões como o local dos protestos e a interação entre as visões nacional e internacional. Por fim, identificou-se também uma dimensão temporal que aponta as diversas mudanças entre estrutura e agência em diferentes momentos durante os protestos e em suas mediações.Palavras-chave: Protesto; V-de-Vinagre; Brasil; Mediação; Estrutura de oportunidade.ABSTRACT In this article, we argue that the June 2013 protests in Brazil, which some dubbed the V-for-Vinegar protests, is a highly productive case to explore the complex and highly dynamic relationship between media, communication and protest today. While mainstream media representations of protest remain important, the concept of mediation crosses the boundaries between production and reception and also brings self-mediation practices into the fray. We argue that the mediation opportunity structure is a useful conceptual tool to understand and analyse the various roles that media and communication play in relation to protest. The analysis demonstrates that the mediation opportunity structure is dynamic and semi-independent from the political opportunity structure. Furthermore, it also has a spatial contextual dimension, paying attention to issues such as the locality where the protests take place and the interaction between the national and international gaze. Finally, a temporal dimension was identified as well, pointing towards various different shifts between structure and agency occurring at different moments during the protests and in their mediations.Keywords: Protest; V-for-Vinegar; Brazil; Mediation; Opportunity structure.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/697 2014/05/29 - 13:44

RESUMO O objetivo deste artigo é reintroduzir o problema teórico da estratégia política emancipatória e do sujeito social no debate contemporâneo em torno dos novos movimentos sociais e de seus usos das novas tecnologias de informação e comunicação. Com o foco voltado para os grandes eventos que ocorreram nas ruas do Brasil em junho de 2013, o artigo discute a legislação brasileira e sul-americana de mídia e analisa a cobertura desses eventos pelos meios comerciais e alternativos, pela lente das teorias da luta cultural e da guerra de posição, de Gramsci.Palavras-chave: Estratégia; Mídia Comercial e Alternativa; Internet; “Jornadas de Junho”.ABSTRACT The aim of this paper is to re-introduce, in the contemporary debate about new social movements and their use of new information and communication technologies, the theoretical problem of political emancipatory strategy and of the social subject. Focusing on the big events that happened in the streets of Brazil in June 2013, the paper discusses Brazilian and South-American legislation on media and analyzes the coverage of these events by commercial and alternative media, through the lens of Gramsci's theories of cultural struggle and war of position.Keywords: Strategy; Commercial and Alternative Media; Internet; “June Journeys”.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/699 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Este artigo procura, sob o olhar da ciência política, traçar algumas explicações para os protestos de junho de 2013. As manifestações ocorridas naquele período se tornaram um interessante fenômeno para análise política por seu acentuado simbolismo, em que pese o pouco efeito prático que trouxe para a efetivação de mudanças sociais. Ao longo desse ensaio, será feita uma breve descrição dos protestos, a análise de possíveis relações com o ciclo de atividade política brasileira, a avaliação do que as manifestações trouxeram de novo ao repertório sócio-político e a interpretação do que foi o movimento iniciado nas ruas das grandes metrópoles.Palavras-chave: Crise política; Representação; Mídias sociais; Protestos de junho.      ABSTRACT This article seeks, within the framework of political science, to draw some explanations for the protests of June 2013 in Brazil. The manifestations that occurred in that period have become an interesting phenomenon for political analysis for its sharp symbolism in spite of the little practical effect it had on effective social changes. Throughout this essay, will build a brief description of the protests, the analysis of possible relationships with the Brazilian cycle of political activity, an evaluation of what these protests have brought to the socio-political repertoire and an interpretation of what was this movement in the streets of large cities.Keywords: Democracy; Political crisis; Representation; Social media; June protests.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/702 2014/05/29 - 13:44

RESUMO As manifestações de rua ocorridas, com intensidade, em junho de 2013 no Brasil, podem ser vistas como fenômeno social-comunicativo para os quais é preciso olhar sem apego e de forma reflexiva. Uma das possibilidades de leitura sobre esse fenômeno diz respeito a uma possível crise na democracia representativa, sendo esta a premissa que embasa esse artigo. Para melhor estabelecer essa conexão, juntamos bibliografias, depoimentos, análises, entrevistas, não apenas sobre as manifestações, mas também sobre as plataformas nas quais foram geradas - as mídias sociais, espaço de uma cultura nova, tanto em termos tecnológicos como território de renovações ideológicas e políticas.Palavras-chave: Democracia representativa; Comunicação; Cibercultura; Determinismo tecnológico; Mídias sociais.               ABSTRACT The street protests that occurred intensively in June 2013 in Brazil can be considered as a socio-communicative phenomenon to be observed in a detached but reflexive manner. One reading of the phenomenon concerns a possible crisis in representative democracy, which is the premise that defined this article. To better establish this connection, we gathered bibliographies, statements, reviews, interviews, not only about the protests, but also concerning the platforms on which they were generated – the social media, space of a new culture, both in terms of technology and as a field of ideological and political renewal.Keywords: Representative democracy; Communication; Cyberculture; Technological determinism; Social media.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/668 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Este artigo apresenta considerações acerca das movimentações sociais que eclodiram pelo Brasil em junho de 2013, vistas sob a perspectiva da Análise Institucional. Assume-se posição implicada, ressaltando a relação das contradições inerentes à urbanidade evidenciadas como operadores analíticos, reconhecendo atravessamentos à produção de subjetividade no meio urbano e seus paradoxos. Lança olhar à micropolítica das forças instituintes desejantes e sociais expressadas nas ruas, apresentando focos possíveis às lutas coletivas por transformação. Por fim, destaca-se a possibilidade de contribuições das reflexões construídas pelos diversos saberes, abrindo caminho para novas interrogações na invenção de outras análises e movimentos.Palavras-chave: Psicologia Institucional; Manifestações Públicas – Brasil; Movimentos de Protesto; Cidade; Subjetividade.               ABSTRACT This article presents considerations concerning the social movements that erupted in Brazil, June 2013, viewed from the Institutional Analysis perspective. Assuming an implicated position, emphasizing the relationship of the contradictions inherent to urbanity evidenced as analyzers, recognizing crossings in the production of subjectivity in the urban environment and their paradoxes. It looks at the micro-politics of the desiring and socially instituting forces expressed in the streets, as a possible focus on collective struggles for transformation. Finally it highlights the possibility of contributions from various knowledge forms, showing the way for new questions in the invention of other analyses and movements.Keywords: Institutional Psychology; Public Demonstrations – Brazil; Protest Movements; City; Subjectivity.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/659 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Uma tentativa de determinar o verdadeiro sentido das manifestações de 2013 no Brasil por de uma dupla articulação entre as contradições sociais e políticas dos próprios manifestantes, de um lado, e as contradições estéticas e culturais expressas pela grande mídia, assim como pela chamada mídia independente, durante a cobertura dos eventos acima mencionados, por outro. Nessa análise, tentamos interpretar o conceito de “violência divina” de Walter Benjamin, alinhado ao conceito de “poder constituinte” tal como analisado por Antonio Negri, com o auxílio do estudo de Giorgio Agamben sobre o “estado de exceção”, para uma nova abordagem da questão da violência nas manifestações e da forma ambígua com que a grande mídia, assim como a chamada mídia independente, lidou com esta questão. Nosso texto acaba com uma análise crítica de dois fenômenos distintos, errônea ou corretamente associados como “anarquistas”: os vários grupos de anonymous e de black blocs que então surgiram, povoando a superfície dos acontecimentos.Palavras-chave: Estado de exceção; Violência divina; Poder constituinte; Black blocs; Anonymous.ABSTRACT An attempt to determine the real meaning of last year’s political demonstrations in Brasil by a double articulation between the social and political contradictions of the demonstrators themselves, on one hand, and the cultural and aesthetical contradictions expressed by the big media, as well as by its independent internet counterpart, during their coverage of the above mentioned events, on the other. Throughout this analysis we try to interpret Walter Benjamin’s concept of “divine violence" aligned with Antonio Negri’s study of “the constituent power” and Agamben’s work on the juridical concept of the “state of exception” to try to cope with the violence associated with these demonstrations and the ambiguous way that both the independent and the big media dealt with it. Our analysis ends with a critical appraisal of two distinct, and yet rightfully or wrongfully related, so-called anarchist phenomena: the innumerable groups of black blocs and anonymous that were, from then on, emerging to the surface of the events.Keywords: State of exception; Divine violence; Constituent power; Black blocs; Anonymous.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/700 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Este artigo trata das manifestações ocorridas no Brasil em 2013, quando milhões de pessoas ocuparam as ruas e as redes sociais para mostrarem sua indignação e protestarem contra uma série de problemas, embora sem objetivar com profundidade nenhum deles. A proposta desta reflexão é questionar os rumos que o movimento tomou e suas reais condições de oferecer alternativa para o modelo de sociedade que se busca, além de chamar a atenção para o fato de que as novas tecnologias da comunicação, tendo a internet como lugar simbólico, não são capazes de fornecer garantia alguma de que se estão promovendo as transformações que historicamente se apresentam como necessárias. Em vez de luta e avanço cidadão o que pode estar acontecendo ou já ter acontecido é o debut de uma geração que reclama direitos de consumidor, mais do que cidadania.Palavras-chave: Manifestações; Novas tecnologias; Cidadania.ABSTRACT This paper deals with the events that occurred in Brazil in 2013, when millions of people took to the streets and social networks to show their indignation and to protest against a series of problems, although without objectifying in depth any one of them. The purpose of this reflection is to question the direction that the movement took and its actual capacity to offer an alternative to the model of society it seeks, in addition to calling attention to the fact that the new communication technologies, with the internet as their symbolic place, are unable to provide any guarantee that they are promoting the transformations that are historically presented as necessary. Instead of combat and citizen progress, what may be happening or have happened is the debut of a generation that demands consumer rights rather than citizenship.Keywords: Protest; New technologies; Citizenship.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/701 2014/05/29 - 13:44

RESUMO As jornadas de junho de 2013 são apreendidas como um levante metropolitano da multidão do trabalho imaterial. Um novo tipo de trabalho, que acontece nos serviços e nas metropoles, enfrenta a mobilidade e, pois, a questão dos transportes como uma variável fundamental de suas condições de vida e de trabalho. O preço e a qualidade dos transportes públicos foram assim o terreno de constituição metropolitana de um novo tipo de luta: ela tem como origem a própria crise da representação e ao mesmo tempo a aprofunda. O capitalismo contemporâneo explora a vida como um todo, a produção de formas de vida a partir de formas de vida, entre as redes e as ruas. De repente, o trabalho também passa a se organizar entre as redes e as ruas, afirmando suas próprias formas de vida. Esse trabalho diz respeito à produção de subjetividade: formas de vida. O que assistimos em junho de 2013 e em seus desdobramentos, é a ascenção selvagem de um "classe sem nome".Palavras-chave: Jornadas de junho; Multidão; Trabalho imaterial.ABSTRACT The June Journeys of 2013 are aprehended as a metropolitan insurrection of the multitude in immaterial labour. A new type of labour, which occurs in services and in the metropolis, faces mobility and, therefore, the issue of transportation as a fundamental variable of its life and work. The price and the quality of public transportation thus became the terrain of metropolitan constitution of a new type of conflict: its origin is in the representation crisis itself and at the same time deepnes it. Contemporary capitalism explores life as a whole, the production of life forms based on life forms, among networks and streets. Suddenly, labour also begins to organize itself in networks and streets, affirming  its own life forms. This article addresses the production of subjectivities: life forms. What we saw in June 2013 and its aftermath is the wild ascension of a "nameless class".  Keywords: June Journeys; Multitude; Immaterial labour.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/693 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Este artigo traça um breve quadro do contexto político em que emergiram as manifestações de junho de 2013 no Brasil e aponta a relevância da questão do cotidiano para uma análise mais abrangente. Concentra-se na discussão sobre o papel da internet na mobilização da população e na atuação de grupos de midiativistas que surgiram ou se consolidaram nesse período. Critica a perspectiva da “ação direta”, reitera a importância da mediação jornalística para o esclarecimento do público e a necessidade da abertura ao contraditório para o convívio democrático.Palavras-chave: Manifestações; Internet; Cotidiano; Midiativismo; Jornalismo.ABSTRACT This article provides a brief background of the political context in which the events of June 2013 emerged in Brazil and highlights the relevance of the question of everyday life for a more comprehensive analysis. It focuses the discussion on the role of internet in mobilizing the population and the activity of midiactivists groups which have arisen or been consolidated in this period. It also criticizes the prospect of "direct action", and reiterates the importance of journalistic mediation to inform the public and the need for openness to contradictory points of view to build a democratic society.Keywords: Demonstrations; Internet; Everyday life; Mediactivism; Journalism.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/694 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Busca-se avaliar o enquadramento jornalístico feito pelos jornais da mídia corporativa que legitimam e medeiam a pauta pública e a estratégia da política de segurança pública do Rio de Janeiro, recorrendo à cobertura de notícias sobre os protestos realizados nas ruas da cidade durante o “Junho Furioso”. A partir do uso de semânticas estereotipadas para noticiar o fato jornalístico pela imprensa, será avaliada a criação de um imaginário social coletivo como espaço público de disputa de hegemonia conforme a concepção gramsciana, criminalizando midiaticamente as áreas pobres da cidade do Rio de Janeiro para obtenção de um controle da ordem pública.Palavras-chave: Mídia corporativa; Hegemonia gramisciana; Política de Segurança Pública; “Junho Furioso”; Controle e ordem social.   ABSTRACT This article evaluates the journalistic framing by corportative media, which legitimize and mediate the public agenda and Rio de Janeiro's public security policy strategy, using the news coverage of the protests in the city streets ​​during the "Furious June". Drawing on the stereotypical use of semantics for journalistic fact reporting by the press, the creation of a collective social imagination will be evaluated as a public space of dispute for hegemony as in Gramsci's conception, mediatically criminalizing the poor areas of the city of Rio de Janeiro with the aim of controling public order.Keywords: Corportativa media; Gramsci's Hegemony; Public Security Policy; " Furious June "; Control and social order.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/678 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Com referência à eclosão de protestos no Brasil desde junho de 2013, este trabalho analisa o modo como a violência deflagrada durante as manifestações é narrada pela grande mídia e coletivos midiativistas, atentando-se para os interesses expressos nas narrações dos fatos. Constatamos que a imprensa corporativa tende a não problematizar a violência policial e a enfatizar a atuação de “vândalos”, ao passo que os midialivristas costumam culpar a polícia pela ocorrência de confrontos e representar positivamente as ações associadas à tática Black Bloc. O texto apresenta uma descrição analítica da guerra de narrativas travada por estes dois segmentos do jornalismo.Palavras-chave: Mídia; Midiativismo; Violência; Manifestações; Polícia.ABSTRACT Regarding the outbreak of protests in Brazil since June 2013, this paper analyses how violence unleashed during demonstrations is narrated by the mass media and mediactivist collectives, focusing on the interests expressed in the narration of facts. We found that corporative press tends to take police violence as unproblematic and to emphasize the actions of so-called “vandals”, while mediactivists usually blame police for the emergence of clashes and positively represent actions associated to the Black Bloc tactics. The text presents an analytical description of the war of narratives fought between these two segments of journalism.Keywords: Media; Mediactivism; Violence; Protests; Police.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/695 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Este artigo propõe-se a compreender como as manifestações sociais no Brasil, ocorridas em junho de 2013, foram difundidas por meio das redes sociais na internet e como as tecnologias móveis de comunicação e informação tiveram papel chave na ampliação e potencialização dessas informações na sociedade brasileira durante os eventos, transformando-os em redes sociais conectadas por aparatos móveis. O artigo utiliza o método fenomenológico-hermenêutico (GAMBOA, 2002) como suporte para o questionamento acerca de como as redes sociais móveis podem ser observadas nas manifestações sociais ocorridas no Brasil em junho de 2013. O referencial teórico traz como aporte os estudos relacionados às redes sociais na internet (RECUERO, 2009), às tecnologias móveis de comunicação e informação (MANOVICH, 2005; SANTAELLA, 2013) e às manifestações sociais (CASTELLS, 2013), dentre outros. Durante o processo, foi possível observar que a utilização das tecnologias móveis de comunicação e informação foi fundamental para a ampliação e disseminação das manifestações sociais no Brasil e para a formação de redes sociais móveis.Palavras-chave: Redes sociais na internet; Tecnologias móveis de comunicação e informação; Redes sociais móveis; Manifestações sociais no Brasil.             ABSTRACT This paper tries to comprehend how the social protests that happened in June 2013 in Brazil radiated through social networks in the web and how mobile communication and information technologies had a key role in amplifying and empowering this information in Brazilian society during those events, turning them into social networks connected through mobile devices. This paper uses the phenomenological-hermeneutics method (GAMBOA, 2002) to support the question as to how mobile social networks can be observed in the 2013 social demonstrations in the country. The theoretical references stand on studies about online social networks (RECUERO, 2009), mobile information and communications technologies (MANOVICH, 2005; SANTAELLA, 2013) and social protests (CASTELLS, 2013), among others. During this process, it was possible to observe that the use of mobile information and communications technologies was essential to amplify and spread the social demonstrations in Brazil and to form mobile social networks. Keywords: Social networks on the Internet; Mobile communication and information technologies; Mobile social networks; Social manifestations in Brazil.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/660 2014/05/29 - 13:44

RESUMO O Participatório: Observatório Participativo da Juventude é uma plataforma online lançada em agosto de 2013 como parte da resposta da Secretaria Geral da Presidência da República aos protestos que tomaram as ruas brasileiras em meados daquele ano. Com o objetivo de situar a proposta do Participatório diante do contexto teórico trazido pelos estudos de movimentos sociais e ativismo digital, este artigo reúne teorizações pertinentes e apresenta resultados de estudo empírico que indica balizas para avaliar se as metas aparentes da plataforma teriam sido atingidas. Os dados sugerem que a consecução dos objetivos da iniciativa dependerá da eficácia de aperfeiçoamentos futuros.Palavras-chave: Movimentos Sociais; Redes Sociais; Ativismo Digital; Engajamento Político; Participação Política.ABSTRACT The Participatório: Observatório Participativo da Juventude (Participatory: Observatory on the Youth Participation) is an online platform created in August 2013 as part of the response of the General Secretariat of the Presidency of the Republic of Brazil to the protests which took Brazilian streets in the middle of that year. This paper analyses the Participatório against the theoretical context brought by studies of digital activism and social movements. We revise relevant theories and present results of an empirical study indicating parameters to assess whether the apparent goals of the platform would have been reached. The data suggest that the initiative could achieve its purposes as long as it secures the efficacy of future improvements.Keywords: Social Movements; Social Networks; Digital Activism; Political Engagement; Political Participation.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/664 2014/05/29 - 13:44

RESUMO O trabalho tem como objetivo estabelecer um quadro geral sobre o modo como o Black Bloc utiliza a rede para levar à frente suas ações políticas no Brasil. Para tanto, desenvolve um breve panorama das redes que se formam em torno das três maiores páginas do BB no Facebook e identifica padrões de postagens a partir de categorias previamente estabelecidas. Na via teórica, discute-se a emergência de novas dinâmicas de ativismo, que se utilizam das redes digitais para construir novas formas de atuação política e reforçar atividades pré-existentes, além de a articulação em rede de movimentos globais para atuação em contextos locais e as formas de ação coletiva centradas no indivíduo e descentralizadas do ponto de vista institucional. Ao fim, conclui-se que a atuação política dos Black Bloc no Brasil é preocupada em reforçar sua identidade junto a sua crescente audiência, apresenta uma dinâmica de muitos engajados eventuais e outros tantos que não se envolvem com o conteúdo, além de denotar uma preocupação em informar aos cidadãos sobre atos locais, mas também uma a ideia de se propagar os valores do Black Bloc com atuação internacional e sem fronteiras.Palavras-chave: Ativismo; Facebook; Black bloc; Ação coletiva; Internet.ABSTRACT This paper aims to establishes a wider landscape about the way Brazilian Black Bloc uses Facebook tools to act politically. To reach this goal, we discuss aspects on the networks of the three majors Black Bloc Facebook pages and also identify post patterns related to categories previously established. In the literature review, we address the emergency of new dynamics of activism that uses digital networks to set up new ways of political action and also reinforce pre existing ones. Thus, we discuss the way global movements acts in terms of network articulation in local context, besides issues on decentralized and citizen driven collective action. Finally, we argue that the black bloc political action in Brazil is concerned to identity reinforcement, presents a dynamics that shows an engagement of one timer users, informs citizens about local acts and propagates values about group formation in international bordless basis.Keywords: Activism; Facebook; Black bloc; Collective action; Internet.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/656 2014/05/29 - 13:44

RESUMOO artigo busca refletir, a partir da teoria dos movimentos sociais, sobre as mobilizações que ganharam repercussão no mês de junho de 2013 no Brasil. Para isso, parte de uma observação exploratória em ações de protesto na cidade de Santa Maria, região central do Rio Grande do Sul, sua construção, experimentação e repercussão em eventos no Facebook, de modo a entender o papel das redes sociais online nas lógicas das mobilizações sociais contemporâneas. Foram combinadas estratégias de observação online e offline, aliadas a entrevistas com participantes das manifestações. A análise permite discutir sobre como o Facebook é apropriado para construir uma pauta plural de reivindicações, refletir sobre suas formas de ação, colocar em contato diferenças, criar sentimentos de pertença e vínculos entre sujeitos com posicionamentos diversos e, ainda, construir dinâmicas de interação e visibilidade para as ações de protesto. Tais lógicas obrigam a repensar o campo de estudo dos movimentos sociais.Palavras-chave: Rede; Movimentos sociais; Redes sociais online; Ações de protesto; Facebook.ABSTRACT This article proposes to analyze, based on the theory of social movements, the mobilizations that obtained attention in June 2013 in Brazil. Based on the observation of protest activities in the city of Santa Maria, in the central region of Rio Grande do Sul, it examines their development, evaluation and consequences in Facebook, as a means to gain an overall understanding of the role of online social networks within the logic of contemporary social movements. Interviews with protests participants were combined with online and offline strategic observations. The analysis indicates a discussion on how Facebook is used to construct  a plural agenda of demands, to reflect upon forms of action, articulate exchanges between opposites, to create a sense of belonging and a link between subjects with different opinions, as well as to build dynamic interaction and visibility for the protest activities. This particular situation requires reconsidering the theoretical field on social movements.Keywords: Networks; Social movements; Online social network; Protest activities; Facebook.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/670 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Uma vez que o conjunto de escolhas envolvido na seleção das técnicas composicionais de uma fotografia é mediado por universos de valores, o objetivo do artigo é analisar as técnicas composicionais das fotografias publicadas por álbuns fotojornalísticos online sobre os protestos de junho de 2013. Esses álbuns apresentam fotografias de profissionais e amadores consideradas “as melhores” desse evento e, curiosamente, as fotografias escolhidas possuem várias técnicas de composição em comum. Nós iremos analisar essas imagens sob a perspectiva dos efeitos de sentido que as técnicas de composição engendram para entrever quais foram as significações urdidas a esse acontecimento nesses espaços.Palavras-chave: Fotojornalismo; Protestos; Técnicas de Composição; Produção de Sentido; Narrativas.ABSTRACT Given that the choices involved in the selection of compositional techniques in photography are mediated by values, this article aims to analyze the compositional techniques of photographs published by photojournalistic online albums during the protests of June 2013 in Brazil. These albums feature professional and amateur photographs considered "the best" of this event and, interestingly, the chosen photographs have several composition techniques in common. We will examine these images from the perspective of significant effects that these techniques engender with the objective of examining the meanings that were attributed to that event in those albums.Keywords: Photojournalism; Protests; Composition Techniques; Sense Production; Narratives.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/630 2014/05/29 - 13:44

RESUMO O artigo tem como objetivos: 1) caracterizar os vídeos “amadores” publicados por quatro webTVs (TV Estadão, O Globo Vídeos, TV ZH e TV O Tempo) sobre os protestos de junho de 2013;  e 2) discutir em que medida eles se aproximam da noção de "imagens violentas" (JOST, 2007). Discutimos as características das imagens “amadoras” e sua legitimação nas produções audiovisuais de redações jornalísticas convergentes. No estudo empírico, apresentamos as diferentes estratégias de captação e edição adotados pelas webTVs na cobertura dos protestos. Ao final, destacamos a diversidade de vídeos e problematizamos a "violência" das imagens das Jornadas de Junho.Palavras-chave: Vídeo Amador; WebTV; Jornalismo Audiovisual; Convergência; Violência.     ABSTRACT This paper has two main goals: 1) to present the "amateur" videos published by four webTVs (TV Estadão, O Globo Vídeos, TV ZH e TV O Tempo) during the protests in june 2013 in Brazil;  and 2) to discuss if they can be considered "violent scenes" (Jost, 2007). First, we discuss the characteristics of the "amateur" videos and their use in convergent newsrooms. The empirical research presents how these videos about the protests were recorded and edited. In the conclusions, we highlight the diversity of the "amateur videos" and discuss the "violence" of the June Journeys scenes.Keywords: Amateur Videos; WebTV; Audiovisual Journalism; Convergence; Violence.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/661 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Trata da contraposição entre as informações imagéticas veiculadas pelo Jornal Nacional (JN) da Rede Globo, de 6 a 18 de junho, e o contraponto feito por parte daquelas que circularam em mídias sociais e serviços de redes sociais no mesmo período, marcado por protestos iniciais das Jornadas de Junho em São Paulo. Parte da análise semiótica do conjunto de imagens veiculadas pelo JN, contrapostas a registros videográficos de indivíduos e grupos independentes. Conclui que a diversidade de fontes e pontos de vista desses registros evidencia uma possibilidade de maior riqueza informativa, o que traz à tona a parcialidade da informação imagética do JN.Palavras-chave: Jornadas de Junho, informação imagética, Jornal Nacional, São Paulo, vídeos na Internet.ABSTRACTThe article discusses the counterpoints between imagetic information conveyed by the Jornal Nacional (main news program in Brazil) – JN, on the Globo TV Network, from June 6th to 18th, and a portion of that circulated in social media and social networking services (SNS) in the same period, which was marked by initial protests of the June Protests (Jornadas de Junho) in São Paulo. Part of the semiotic analysis of the set of images broadcast by JN is contrasted with the videographic records of individuals and independent groups. It is concluded that the diversity of sources and points of view of these records represents a possibility of greater informational richness, showing how biased the JN imagetic information can be.Keywords: Jornadas de Junho (June Demonstrations), imagetic information, Jornal Nacional, São Paulo, videos on the Internet.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/663 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Este artigo tem como objetivo atualizar os critérios de noticiabilidade usando como referencial as manifestações sociais que ocorreram em diversas cidades do Brasil em junho de 2013. Num primeiro momento é feita a revisão teórica de pesquisas focadas no modelo broadcasting de comunicação, dos primeiros estudos na década de 1960 ao newsmaking da década de 1970. Em seguida, debate-se a cultura da participação e do compartilhamento no início do século XXI. Finalmente, são propostos três novos valores-notícia consoantes ao atual cenário de mídia móvel e ubíqua: hashtag, redundância e participação.Palavras-chave: Critérios de noticiabilidade; Valor-notícia; Manifestações sociais; Dispositivos móveis; Jornalismo.ABSTRACT This paper aims to update newsworthiness criteria using as referential the social demonstrations that took place in several cities in Brazil in June 2013. It firstly reviews theoretical approaches focused on a broadcasting communication model, from the first studies in the 1960s to the newsmaking in the 1970s. Then, the participation and sharing culture of the early twenty-first century is discussed. Finally, it proposes three news-value definitions consonant with the contemporary scenario of ubiquity and mobile media: hashtag, redundancy and participation.Keywords: Newsworthiness criteria; News value; Social demonstrations; Mobile devices; Journalism.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/671 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Nas jornadas de Junho de 2013 vimos emergir novas formas de midialivrismo e midiativismo em que a linguagem e a experimentação criam outra partilha do sensível. Uma experiência no fluxo e em fluxo, que inventa tempo e espaço, poética do descontrole e do acontecimento. Exprimir o “grito”, como escreveu Jacques Ranciere, tanto quanto tomar posse da palavra é o modo de desestabilizar a partilha do sensível e produzir um deslocamento dos desejos e constituir o sujeito político multidão. A importância das mídias on-line, mídias livres e midiativistas nesse grito desestabilizador nos parecem decisivas na constituição de uma nova forma de experimentar a politica.  A multidão  capaz de se autogovernar  a partir de ações e proposições policêntricas, distribuídas, atravessadas por poderes e potências muitas vezes em violento conflito,  constitui uma esfera pública em rede, autônoma em relação aos sistemas midiáticos e políticos tradicionais. Uma análise da experiência de transmissão ao vivo da Midia Ninja, sua relação com os processos do cinema e sua filiação e parte das chamadas revoluções P2P ou  revoluções distribuídas em que a heterogeneidade da multidão emerge em sinergia com os processos de auto-organização (autopoiesis) das redes.Palavras-chave: Midiativismo; Midia Ninja; Estéticas; Audiovisual; Redes.        ABSTRACT In the June Journeys of 2013 we saw an emergence of new forms of mediactivism in which language and experimentation create another distribution of the sensitive . An experiment on the flow which invents time and space , a poetics of flux and the event. To express the " Scream ", wrote Jacques Ranciere, as much as taking ownership of the word is the way to destabilize the distribution of the sensitive and to produce a displacement of desires and to constitute the multitude as a political actor. The importance of online media , free media and destabilizing mediactivists seems decisive in the architecture of a new form of political experience .  A multitude capable of self-government based on polycentric and distributed action, crossed by frequently conflicting powers, constitutes a public networked sphere - autonomous with regard to traditional media and political systems .  An analysis of live broadcasting by Media Ninja, its relation with the processes of cinema and its filiation, and part of the so-called P2P revolutions or  distributed revolutions in which the heterogeneity of the multitude emerges in synergy with self-organization processes (autopoiesis ) of networks is attempted in this article.Keywords: Mediactivism; Midia Ninja; Aesthetic;  Audiovisual networks.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/704 2014/05/29 - 13:44

RESUMO O artigo parte de uma breve descrição das recentes manifestações populares ocorridas no Brasil em protesto contra diversos aspectos da economia e da política brasileira. Partindo da diversidade de bandeiras de luta destes movimentos, analisa a concepção de ciência por trás das críticas feitas a eles. Descreve a apropriação das tecnologias de informação e comunicação pela juventude na cobertura destes eventos e a crise instalada na tradicional mídia de massa. O texto analisa os conceitos de educação que estão postos em debate, fazendo uma crítica à visão produtivista que toma conta da educação em todo o mundo. A partir destas considerações, propõe a implantação de um “ecossistema pedagógico de aprendizagem e de produção de culturas e conhecimento” como sendo uma das possibilidades para a escola enfrentar os desafios contemporâneos.Palavras-chave: Redes Sociais; Educação; Ativismo; Políticas Educacionais.   ABSTRACT The paper begins with a brief description of recent demonstrations in Brazil against various economic and politics aspects. From the diversity of their demands the paper analyses the concept science used to criticize these demonstrations. The use of Information and Communication Technologies by youth in coverage of these events and the consequent by passing of the traditional mass media are examined. Education was one of the most common complaints and we ask what kind of education they want. Continuing the present system base on productivity approach  will not solve the problem. We propose an “ecosystem of teaching and learning to promote the production of culture and knowledge” as a way for schools to face contemporary challenges.Keywords: Social Networks; Education; Activism; Educational Politics.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/643 2014/05/29 - 13:44

RESUMO O artigo reflete os acontecimentos recentes no Egito, tendo Cairo como o principal palco, que resultou na caída do Governo de Mubarak depois de 30 anos de ditadura. A participação massiva da população só foi possível através da operação na mídia social, que permitiu em tão pouco tempo motivar milhões pessoas a ir às ruas protestar contra os abusos sofridos ao longo dos anos. A revolução aconteceu sem líderes preparados ou responsáveis para dar ao país uma direção democrática duradoura.Palavras-chave: Mídia Social; Ação Coletiva; Movimento Social; Conflito no Egito; Mubarak. ABSTRACT The article reflects on the recent events in Egypt, taking Cairo as the main stage, relating to the fall of the Mubarak government after 30 years of dictatorship. The massive participation of the Egyptian population was only possible through the use of social media which, in a very short time, encouraged thousands of people to occupy the streets protesting against the abuses suffered over the years. The revolution happened without formal leaders prepared for or capable of giving the country a lasting democratic direction.Keywords: Social media; Collective Action; Social Movement; Conflict in Egypt; Mubarak.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/679 2014/05/29 - 13:44

RESUMO O contexto da mobilidade da informação inaugurou uma nova perspectiva para diferentes formas de protestos. Agora, com a iminência de produtos comerciais que fazem parte de uma categoria chamada “computação de vestir”, ou wearables, temos novos debates de potencialidades. Este texto usa como exemplo desta categoria o Google Glass que está em testes por diversas pessoas e deve se tornar um produto comercial em breve. O artigo analisa os protestos e manifestações urbanas no contexto da mobilidade, vigilância e relações do corpo na cidade.Palavras-chave: Mobilidade; Protestos; Wearables; Google Glass, Vigilância.  ABSTRACT The context of mobility of information opened up a new perspective for different forms of protests. Now, with the imminent commercial products that are part of a category called  wearables, we have new discussions on potentials. This text uses the example of Google Glass, already being used in test trials, which should become a commercial product soon. This article looks at protests in the context of mobility, surveillance and body relations in the city.  Keywords: Mobility; Protests; Wearables; Google Glass; surveillance.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/675 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Este artigo visa contribuir com o debate teórico sobre o estágio de desenvolvimento dos estudos de campanhas eleitorais na internet. O objetivo é refletir sobre os desafios que serão enfrentados por candidatos nas eleições de 2014, no sentido da produção de presença no ambiente digital. A internet, preponderante nos processos que resultaram nas manifestações da chamada “primavera brasileira”, será pensada em relação aos riscos e incertezas que oferece aos candidatos, por conta da desestabilização que promove na comunicação política.Palavras-chave: Comunicação política; Campanhas eleitorais; Internet.ABSTRACT This article aims to contribute to the theoretical debate on the development stage of studies of election campaigns on the internet. The intention is to reflect on the challenges that will be faced by candidates in the 2014 Brazilian elections, regarding inclusion in the digital environment. The internet, preponderant in the processes that resulted in the manifestations of the "Brazilian spring", will be considered in relation to risks and uncertainties to the candidates, due to the destabilization that it promotes in political communication.Keywords: Political communication; Electoral campaigns; Internet.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/674 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Os serviços de governo eletrônico deveriam estar disponíveis em canais de governo adequados aos cidadãos, porém sua adoção ainda está distante mundialmente de um nível satisfatório. Neste artigo buscou-se mapear, no âmbito internacional, os estudos quantitativos sobre adoção de tecnologias de serviços de governo eletrônico. Foram localizados 40 artigos, publicados em 22 periódicos. O artigo contribui para  identificar fatores que influenciam a adoção de tecnologias para governo eletrônico internacionalmente e para futuros trabalhos no Brasil.Palavras-chave: Governo Eletrônico; Adoção; Análise; Serviços; Estudos Quantitativos.ABSTRACT E-Government services should be available to citizens in appropriate government channels, but the adoption of these services is still far from a satisfactory level worldwide. This study aimed to map, at the international level, quantitative empirical studies on the adoption of e-government service technologies. The research mapping was performed and found 40 articles published in 22 journals. The inputs of this article can contribute to the identification of factors that influence the adoption of e-government systems in the international context and the development of future work in Brazil.Keywords: Electronic Government; Adoption; Analysis; Services; Quantitative Studies.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/586 2014/05/29 - 13:44

RESUMO Este estudo busca analisar como o projeto Song Reader do cantor Beck Hansen utilizou o Crowdsourcing e como os participantes sentiram-se ao fazer parte do mesmo. Para isso, foram realizadas entrevistas com usuários do Youtube que postaram no site suas versões das canções das músicas do projeto; também, foram analisados dois reviews de sites de notícias. O foco da análise buscou identificar quais os perfis das pessoas que participaram do projeto, entender que tipos de participação/interação foram geradas com o projeto, analisar quais as motivações que levaram as pessoas a participar do projeto e, por fim, entender como essas pessoas avaliaram a experiência. Ao fim do estudo, pode-se deixar mais claro que, no ramo da música, gerar experiência com o público pode ser fundamental. Afinal, as pessoas anseiam, almejam e sentem algo ao ouvir as canções, e é disso que a experiência trata: sobre como fazer com que as pessoas sintam e se envolvam. Para isso, é preciso conhecer o público, e foi justamente o que o projeto Song Reader demonstrou neste trabalho, atendendo e gerando repercussão em seus diferentes públicos: os amadores, os artistas e a mídia.Palavras-chave: Crowdsourcing; Música; Song Reader; Beck Hansen.ABSTRACT This study aims to analyze how the Song Reader project of singer Beck Hansen used Crowdsourcing and how participants felt to be part of it. Interviews were conducted with YouTube users having posted on their site their versions of the songs in the project; two reviews of news sites were also analyzed. The focus of the analysis was to identify the profiles of the people who participated in the project, to understand what types of participation/interaction were generated with the project, to analyze the motivations that led people to participate in the project and finally to understand how these people evaluated the experience. At the end of the study, we can make it clear that in the music business, generating experience with the public can be fundamental. After all, people crave and feel something when listening to the songs, and that defines the experience: how to make people feel and become involved. For this, one must know the audience, and it was just what the Song Reader project demonstrated in this work, caring and generating impact on its stakeholders: amateurs, artists and media. Keywords: Crowdsourcing; Music; Song Reader; Beck Hansen.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/654 2014/05/29 - 13:44

ResuméLa mise en œuvre des lois d’accès à l’information est un processus complexe. Le présent article expose les différentes mesures à prendre pour rendre opérationnelles les dispositions de la loi et assurer son application effective: création d’un organisme chargé de faire respecter la loi, d’examiner les recours des demandeurs en cas de refus de communication et de conseiller les administrations sur l’interprétation de la loi; désignation de responsables de son application dans les administrations ; promotion de la loi auprès des ONG et des médias, et sensibilisation du grand public à ses nouveaux droits ; formation initiale et continue des agents publics chargés de son application ; mise en place de procédures destinées à faciliter les demandes et leur traitement ; réforme des pratiques de gestion des documents et des données, et publication proactive ; évaluation régulière des avancées de la mise en œuvre par l’organisme chargé de la contrôler. Des exemples de bonnes pratiques viennent illustrer ces mesures : ils sont tirés des études de cas menées par la Banque mondiale sur la mise en œuvre du droit à l’information, notamment au Mexique, en Inde et au Royaume Uni. La mise en œuvre de la loi demande le soutien continu des pouvoirs publics aux organismes chargés de son application et l’engagement de la société civile.Mots clés accès à l’information, transparence administrative, application de la loi  sur l’accès à l’informationAbstract The implementation of the access to information lawsis a complex process. This article presents the different measures to take in order to make the legal provisions operational and ensure its effective implementation: creation of an oversight body responsible for ensuring compliance with the law, hearing appeals against refusals of requests for information and advising the agencies; promotion of the law among the NGOs and medias, and raising awareness of the general public on its new rights;  initial and continuous training for the public officials in charge of the implementation; establishment of the procedures aiming to facilitate the requests and their processing; reforms of records and data management practices, and proactive publication; regular evaluation of the implementation progresses by the body responsible for the monitoring.Examples of good practices illustrate these measures: they come from the case studies published by the World Bank on the implementation of the right to information, in particular in Mexico, India and the United Kingdom. The implementation of the law requires the continuous support of the government tothe bodies in charge of it and the engagement of the civil society.Keywords access to information, administrative transparency, access to information law implementationResumo A implementação das leis de acesso à informação é umprocesso complexo. Este artigo apresenta as diferentes medidas a tomar a fim de tornar operacionais as disposições legais e garantir a sua implementação efetiva: a criação de um órgão de supervisão responsável pelo cumprimento da lei, análise dos recursos dos solicitantes contra o indeferimento de pedidos deinformação e aconselhamento às agências sobre a interpretação da lei; designação dos responsáveis pela sua aplicação nas administrações, promoção da lei entre as ONGs e meios de comunicação e sensibilização do público em geral sobre os seus novos direitos; formação inicial e contínua dos agentes públicos responsáveis ​​pela implementação; estabelecimento de procedimentos com o objetivo de facilitar os pedidos e seu processamento;  reforma das práticas de gestão de documentose dados e publicação proativa, avaliação regular dos avanços da aplicação da lei pelo órgão responsável pelo  seu controle. Exemplos de boas práticas ilustram essas medidas: estudos de caso publicados pelo Banco Mundial sobre a implementação do direito à informação, em especial no México, Índia e Reino Unido. A aplicação da lei exige o apoio contínuo dos poderes públicos aos órgãos encarregados da sua implementação assim como o engajamento da sociedade civil.Palavras-chave acesso à informação, transparência administrativa, aplicação da lei de acesso à informação.  

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/633 2013/12/03 - 17:16

Resumo Neste artigo discutimos o direito à informação governamental como um direito fundamental, e seu processo de positivação no Brasil. O exercício do direito não está ligado apenas à promulgação de normas jurídicas, mas também ao reconhecimento ético do seu valor, por meio do debate público. No Brasil, onde este direito está positivado pela Constituição Federal desde 1988, não há indícios de percepção de legitimidade e validade dessas normas jurídicas pelos servidores Federais, de acordo com pesquisa realizada pela CGU/UNESCO[1].Concluímos que as discussões sobre a implementação da Lei de Acesso à Informação podem possibilitar o debate e validação ética faltantes.Palavras-chave Lei de Acesso à Informação; Direito à informação; Informação governamental; Legitimidade e validade do direito; Administração pública.Abstract This article discusses the right to government information as a fundamental right, and its enforcement by Brazilian law. This right is not just linked to the enactment of legal norms, but also to the ethical recognition of its value, through public debate. In Brazil, where this right is enforced by the Federal Constitution since 1988, there is no evidence of perceived legitimacy and validity of these legal norms by Federal public servants, according to research conducted by CGU/ UNESCO. We conclude that the discussions about the implementation of the Information Access Act will enable the missed debate and ensuing validation.Keywords Information Access Act, Information Right, Government Information, Legitimacy and validity of law; Public administration. 

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/580 2013/12/03 - 17:16

Resumo São identificados e analisados aspectos relativos à implantação da Lei de Acesso à Informação Pública - LAI (Lei no 12.527, de 18 de novembro de 2011), considerando-se a sua regulamentação nos Poderes Executivos Federal, de 15 Estados e do Distrito Federal até 16 de junho de 2013. A natureza da informação arquivística, o seu uso social e a função dos arquivos no Estado contemporâneo são referências teóricas à análise. Os dispositivos legais regulamentadores da LAI são analisados em termos das suas categorias conceituais, especialmente do ponto de vista arquivístico. É também observada a presença/ausência das instituições arquivísticas nas diversas arquiteturas de gestão da LAI nos vários cenários de administrações públicas federal e estadual. Exceções à parte, as conexões entre as políticas públicas de acesso à informação e as políticas arquivísticas são ainda insuficientes. Conclui-se que o papel das instituições e serviços arquivísticos públicos é, na quase totalidade dos casos analisados, periférico ou inexistente nos processos de regulamentação da LAI.Palavras-chave Lei de Acesso à Informação, Acesso à Informação Governamental, Políticas Arquivísticas, Gestão de Documentos, Administração de Arquivos, Uso social da Informação.Abstract This study addresses several aspects related to the implementation of the Access to Public Information Act - LAI (Law 12.527 of November 18, 2011). The research adopted as references for analysis the regulation of LAI in the Federal Executive Branch, 15 State Governments and that of the Federal District approved up to June 16, 2013. The nature of archival information, its use and the social function of archives in the contemporary state are theoretical references. The analysis of various LAI regulations emphasized their conceptual categories related to archives. The research examined the presence or absence of archival services and institutions in the various structures of management of LAI regulations. Exceptions aside, the connections between public policies on information access and archival policies are still insufficient. This study concludesthat the role of archival institutions and services is, in almost all cases analyzed, peripheral or non-existent within the regulatory processes of LAI.Keywords Access to Public Information Act, Access to Government Information, Archival Policies, Records Managements, Archival Administration, Social Use of Information

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/639 2013/12/03 - 17:16

Resumo Este trabalho trata da aplicação da lei de acesso à informação, na perspectiva arquivística da produção institucional dos projetos registrados no período de 1992 a 2012, no Centro de Artes e Letras (CAL) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), e armazenada em suporte digital no banco de dados da instituição. Conclui-se que os efeitos da lei de acesso às informações, com relação à produção institucional da UFSM, trarão benefícios a toda a sociedade.Palavras chave Produção institucional. Arquivistica. Lei de acesso à informação. Documentos digitais. Pós-custodial.Abstract This study regards the implementation of the Law of Access to Information, from an archivistic perspective of the institutional production of recorded projects in the period 1992-2012 at the Letters and Arts Center (LAC) of the Federal University of Santa Maria (UFSM) and stored on digital medium in its database. It concludes that the effects of the law of access to information, as related to the institutional production by UFSM, will bring benefits to all society.Keywords Institutional Production; Archival Science; Law of Access to Information; Digital Document; Post-Custodial.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/610 2013/12/03 - 17:16

Resumo Diretrizes da lei de acesso à informação e do seu decreto de regulamentação estabelecem padrões para os sites das instituições públicas relacionados ao conceito de “transparência ativa”. A pesquisa busca identificar a existência desses padrões nos portais das universidades públicas federais e com isso construir indicadores de « transparência ativa » nessas instituições objetivando verificar o grau de implicação das universidades na implementação da lei. Foi realizado um levantamento nos portais de dez universidades dos estados do sudeste e do centro-oeste, complementado com pesquisa documental. Os resultados demonstram um desempenho desigual quanto à aplicação das diretrizes de transparência ativa nas universidades.  Palavras-chave Lei de acesso à informação, Universidades Públicas, Portais universitários, Transparência ativa.Abstract Guidelines on the access to information law and its regulating decree set standards for the websites of public institutions related to the concept “proactive transparency”. The research seeks to identify the existence of these standards in federal public universities websites and verify the levels of activetransparency in order to analysis the degree of involvement from those universities with the implementation of the law. A survey was carried out in websites of ten universities from the South-Eastern and the Center-West states, complemented by documentary research. The results show an unequal performanceregarding the use of active transparency guidelines in those universities. Keywords The access to information law, Public universities, Universities websites, proactive transparency.

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/616 2013/12/03 - 17:16

Resumo Assegurar o acesso à informação pública configura-se como um direito para garantia de outros. O Brasil dá importante passo com homologação da Lei de Acesso à Informação (LAI). É importante notar que, concomitante às mudanças no ordenamento jurídico, faz-se mister mudanças no contexto organizacional das instituições públicas, a fim de garantir o cumprimento desse direito. Pretende-se averiguar a importância da visão sistêmica para efetivação da LAI a partir do estudo de caso da Universidade Federal de Pernambuco. Conclui-se quea adoção da visão sistêmica favorece o acesso às informações, fornecendo base para compreensão da complexidade da instituição como um todo.Palavras-chave Visão Sistêmica, Acesso à Informação, Lei de Acesso à Informação, Universidade Federal de Pernambuco, Brasil.Abstract Ensuring access to public information is configured as a right guaranteed to others. Brazil takes an important step with the approval of a Law on Access to Information (LAI). Importantly, concomitant with changes in the legal system, some changes are necessary in the organizational context of public institutions in order to ensure the fulfillment of this right. This paper intends to assess the importance of a systemic approach to LAI, based on a case study in the Federal University of Pernambuco. It is concluded that the adoption of a systemic viewfacilitates access to information, providing a basis for understanding the complexity of the institution as a whole.Keywords Systemic View, Access to Information, Access to Information Act, Federal University of Pernambuco, Brazil

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/600 2013/12/03 - 17:16

Resumo O Brasil tem avançado na proposição de mecanismosde promoção à transparência governamental, sobretudo com a criação da norma federal 12.527/2012 - Lei de Acesso à Informação (LAI). Embora representem avanços, é necessário analisar se, no contexto em que a referida norma está sendo executada, tais mecanismos representam efetivamente meios instituídos para a promoção da transparência. Neste artigo será verificada a transparência dos dados sobre Compras Públicas Sustentáveis do estado de São Paulo, analisando especificamente o produto madeira de origem amazônica.Palavras-chave Transparência Governamental; Compras Públicas Sustentáveis; Políticas Públicas; Madeira; São PauloAbstract Brazil has put forward mechanisms aiming to increase governmental transparency, particularly with the establishment of federal standard 12.527/2012 – Lei de Acesso à Informação (LAI). Although such mechanisms could be taken as an improvement, it is necessary to consider if these effectivelypromote transparency in the context where the mentioned standard is in place. This article proposes to check for data transparency on Sustainable Public Procurement in the State of São Paulo, particularly as to timber extracted from the Amazon.Keywords Governmental Transparency; Sustainable PublicProcurement; Public Policy; Timber; São Paulo

http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/594 2013/12/03 - 17:16